Logo

Distribuição de Lucros ou Dividendos

Lucros ou Dividendos apurados e aptos a serem distribuídos são os objetivos precípuos de toda sociedade empresária.

 

Embora seja tênue a distinção em lucros e dividendos, estes seriam divididos e oriundos de ações ou cotas sociais, enquanto aqueles seriam a distribuição ao empresário individual, ao único sócio de EIRELI e de sociedade individual de advocacia, por exemplo. Por outro lado, alguns entendem que lucro seria o todo, enquanto a parte distribuída seria dividendo.

 

Escrituradas as receitas, custos e despesas, obtém-se o resultado da entidade, podendo ser final ou não, a depender das obrigações, tais como as participações sobre o resultado.

 

Os lucros ou dividendos calculados com base nos resultados apurados a partir do mês de janeiro de 1996, pagos ou creditados pelas pessoas jurídicas tributadas com base no lucro real, presumido ou arbitrado, não ficarão sujeitos à incidência do imposto de renda na fonte, nem integrarão a base de cálculo do imposto de renda do beneficiário, pessoa física ou jurídica, domiciliado no País ou no exterior. Esta é a celebrada isenção de imposto de renda sobre a distribuição de lucros ou dividendos, Lei nº.9.249/95, artigo 10.

 

Da mesma forma, consideram-se isentos do imposto de renda, na fonte e na declaração de ajuste do beneficiário, os valores efetivamente pagos ou distribuídos ao titular ou sócio da microempresa ou empresa de pequeno porte optante pelo Simples Nacional, salvo os que corresponderem a pró-labore, aluguéis ou serviços prestados, LC nº. 123/06, artigo 14.

 

Lucros e Dividendos são formas de remuneração do capital investido pelo titular único ou pelos sócios empresariais. Não se confundem com pró-labore, que é retribuição pelo trabalho de uma daquelas pessoas, e nem com juros sobre capital próprio, Lei nº.9.249/95, artigo 9º.

 

A isenção de imposto de renda na distribuição de lucros ou dividendos se manterá hígida desde que seja com base na escrituração contábil e que conste no contrato social cláusula que fixe a apuração e distribuição de lucros em períodos menores que 12 meses, sendo tais demonstrações (balanço e resultado) transcritas no livro diário, conforme art. 201, § 5º, II, do Decreto nº. 3.048/99.

 

A isenção pressupõe que a empresa distribuidora de lucros ou dividendos esteja em dia com o Fisco Federal. A Lei nº. 8.212/91, artigo 52, prevê que, às empresas, enquanto estiverem em débito não garantido com a União, aplica-se o disposto no art. 32[1] da Lei nº. 4.357/64.

 

O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil – CFOAB propôs a ADI nº. 5161 pedindo a declaração de inconstitucionalidade do artigo 17 da Lei nº. 11.051/04, que alterou em parte o artigo 32 da Lei nº. 4.357/64 e, por sua vez, a inconstitucionalidade por arrastamento do artigo 52 da Lei nº. 8.212/91, com redação dada pela Lei nº. 11.941/09. Ação ainda em andamento.

 

Portanto, a distribuição de Lucros ou Dividendos, feita conforme o ordenamento jurídico, está amparada por isenção de imposto de renda, como visto. Situações de fraude e simulação (v. g.: distribuição irregular de lucros em lugar de pró-labore verdadeiro ou salários recebidos) ou falta de propósito negocial autorizam a desconsideração do negócio jurídico, dando azo à tributação, com multa majorada.

 

 

AUTOR:

DEUSMAR JOSÉ RODRIGUES

Contador e Advogado

 

CONTATO:

www.ottcontabilidade.com.br



[1] Art 32. As pessoas jurídicas, enquanto estiverem em débito, não garantido, para com a União e suas autarquias de Previdência e Assistência Social, por falta de recolhimento de impôsto, taxa ou contribuição, no prazo legal, não poderão:

a) distribuir ... (VETADO) ... quaisquer bonificações a seus acionistas;

b) dar ou atribuir participação de lucros a seus sócios ou quotistas, bem como a seus diretores e demais membros de órgãos dirigentes, fiscais ou consultivos;

 

 


Voltar


Compartilhar

Todos os direitos reservados ao(s) autor(es) do artigo.

Fale Conosco

Fone(s): (62) 3624-4268 / (62) 3624-4139

contato@ottcontabilidade.com.br

Localização

Av. T-7, n.º 371, Edif. Lourenço Office, salas 1102 e 1103, Setor Oeste, CEP 74140-110, Goiânia (GO)

Direitos Reservados à ® | 2020

Content

Informe seus dados

ajuda-chat
ajuda-chat
ajuda-chat_open